A LAB é uma etiqueta da grife “Laboratório Fantasma” criada pelo rapper Emicida e seu irmão, Evandro Fióti, para vender peças como bonés e camisetas nos shows do cantor. Deu tão certo que sua coleção foi o grande destaque do segundo dia de São Paulo Fashion Week. O mood mostrado na passarela acompanha as transformações sociais, tema central desta edição do evento de moda. A inspiração foi um mix que deu muito certo: aspectos da cultura japonesa, como cores e oversized, ganharam o toque urbano e despojado típico da moda brasileira.

O casting majoritariamente negro foi escolhido pessoalmente pelos idealizadores da marca para reforçar a questão da representatividade. Além do styling, o make assinado por nosso maquiador oficial, Marcos Costa, arrematou a ideia, compondo looks leves que tiveram como destaque a beleza natural de cada modelo. 

 

Pele com toque de brilho

Se você é como a gente, que adora maquiagem e não perde nenhuma tendência de beleza das passarelas, deve ter percebido que a do momento pede uma pele cada vez mais natural. Segundo Marcos Costa esse é o caminho para um visual moderno e com pegada urbana. “Para mostrar essa união entre Brasil e Japão escolhi produtos que trouxessem leveza com um toque glow.”

O maquiador elegeu a Base líquida radiance efeito tensor de Una para corrigir a pele com naturalidade. “Ela ainda deixa um pouco de luz sutil, perfeito para compor esse make.” Nos lábios, o Top coat brilho labial de Aquarela garantiu um acabamento laqueado. A dica do profissional para exigir lábios bonitos com essa finalização incolor é esfoliar levemente antes de aplicar o produto. A Supermáscara para cílios de Aquarela deve ser aplicada com poucas camadas, para deixar os cílios bem separados e com volume natural. Para arrematar, não abra mão de um toque de cor do blush leve para destacar as maçãs do rosto.

 

Quer ver um pouquinho mais do que rolou lá no SPFW na segunda-feira? Aperte o play:

 

Fotos: Lucas Landau