Ano-novo, vida nova! E como há quem diga que o ano começa depois do Carnaval, a gente também só costuma pensar em mudanças quando a folia acaba. Acontece que, antes de embarcar em um desafio profissional, vem a entrevista de emprego. Nessa hora, estar de bem com seu estilo e se sentir segura são fundamentais. Afinal, a ideia nessa ocasião é mostrar todo o nosso potencial!

 

Para te ajudar a preparar o visual quando pintar uma entrevista por aí, conversamos com dois experts: o maquiador regional da Natura, Tiago Birolini, e a sócia da consultoria Oficina de Estilo, Cris Zanetti (na foto, à esquerda). Eles concordam em dois pontos superimportantes: esse não é o melhor momento para ousar demais, tampouco para tentar abrir mão do seu estilo.

 

Cris Zanetti e Fernanda Resende, da Oficina de Estilo

 

“O modo de se vestir é uma forma não verbal de comunicação. Em primeiro lugar, é preciso identificar a área de atuação e o que o empregador esperam.”, diz Cris, que é engenheira de formação e abriu a Oficina de Estilo em 2003 ao lado da advogada Fernanda Resende (à direita). Na época, elas se viram em um momento de insatisfação profissional antes de se encontrar no curso de Consultoria de Imagem no Senac, em São Paulo.

 

Para Cris, assim que escolhemos a roupa e o make, abrimos um canal de comunicação. Por isso, é tão importante conhecer o interlocutor. “Uma agência de publicidade, por exemplo, espera mais criatividade, assimetria e elementos visuais que um escritório de advocacia”, explica ela.

 

Ambiente e tipo de empresa observados, é hora de checar regras que valem para qualquer área de atuação, como conservação das roupas e sapatos. Também é melhor evitar peças justas ou decotadas, além de acessórios, como pulseiras e colares, que façam barulho e possam distrair o entrevistador. “Em uma entrevista de emprego, precisa brilhar o que você diz e como parece se entregar àquela atividade”, conclui Cris.

 

Quando se trata de make, as orientações são parecidas: procure evitar produtos que não está acostumada e, na dúvida, opte pela aparência natural. Para Tiago Birolini, uma pele limpa e bem-preparada é praticamente o suficiente. A BB Base multibenefício FPS 30 Una, disponível em dez tonalidades, é uma ótima escolha!

 

BB base multibenefício FPS 30 Una

 

“O maior erro é carregar demais nos olhos. Se for usar sombra, prefira o côncavo levemente marcado por marrom ou, ainda, fique só com a máscara para cílios”, diz o maquiador. Todos os tons do Sexteto de sombras cor 4, também de Una, por exemplo, caem como uma luva aqui! 

 

Sexteto de sombras cor 4 de Una

 

Na hora de escolher o batom, ele sugere tons que se aproximem da cor da boca: marrom e cobre para quem tem pele escura e mais rosados para peles claras. As cores cobre 2, boca 2 e marrom 1 do Batom intenso FPS 15, de Una, são boas alternativas (elas são as três últimas, da esquerda para a direita, na foto abaixo).

 

Batom intenso FPS 15 de Una

 

Fotos: Divulgação/Natura e Divulgação/Oficina de Estilo